Deus: 7 Problemas Capitais
Por Jocax novembro/2017


Até que fazia bastante tempo que eu não escrevia sobre deus e ateísmo.

Uma discussão no ‘face’ despertou a vontade de elucidar um ponto que sempre fica meio que disperso nas discussões: 

A razão da ideia de existir um deus ser maléfica ao ser humano.  

Embora existam dezenas, talvez centenas [01], de definições e crenças diferentes de deuses,
 vou me basear no deus cristão [02] (único, onisciente, onipotente, onipresente e bondoso).

Compilei então algumas razões dos malefícios da crença em deus que descreverei a seguir.


1-O Problema da Verdade

Uma vez que existem provas e argumentos (como a do “Diabinho Azul Jocaxiano” [03]) mostrando que deus contraria a lógica e os fatos, então o primeiro argumento é que a crença em deus vai contra a verdade. 

Além de contrariar a razão o deus baseado na bíblia cristã também é inconsistente e por isso não poderia existir, pois a verdade é avessa 
às contradições, e a bíblia está recheada delas! (veja ‘Contradições da Bíblia’ [04]).

É interessante notar que para um crente fervoroso nada, eu quero dizer absolutamente nada pode demover o crente de sua crença. Por exemplo: Seu filho pode morrer e ele vai continuar acreditando, todos seus filhos podem morrer e a crença permanecerá. Mesmo que 99% da humanidade morra com sofrimento e ele, ainda assim, achará uma razão para continuar acreditando!  

É por isso que eu digo: “O Medo covarde da morte é a principal motivação da crença religiosa!

 

2-Viver com a contradição causa “emburrecimento”.

Além de ir contra a verdade, essa crença permanente em algo contraditório, e avessa à lógica, apresenta, como um efeito colateral, uma ‘descapacitação’ neurológica, isto é,  acaba por prejudicar a razão, a lógica e a inteligência da pessoa que crê:  O crente tem que viver em constante contradição de sua crença com os fatos, e isso tende fazer com que aceite como normais outras contradições também -não apenas religiosas- que podem ocorrer em seu estudo, ou no seu trabalho e no seu dia-a-dia.

Essa passividade em relação às contradições fá-la-á perder parte de seu senso crítico, de sua lógica e por consequência de sua capacidade de resolver problemas. Por esta razão a crença em deus tende a ‘emburrecer’ a pessoa que acredita.

Talvez seja por esta razão que os ateus são considerados mais inteligentes que os crentes [05], [07]:
...Você, ateu, está sozinho. Você é minoria. Você tem problemas. Mas, como tudo na vida, há uma compensação: você é mais inteligente.Pelo menos de acordo com uma compilação de 63 estudos científicos, que remontam ao longo de décadas, que concluiu que pessoas religiosas são menos inteligentes que as descrentes...." [06]


3-Desperdício de Recursos

Alguém já calculou quanto de recursos já foram gastos na construção de templos, monumentos  e igrejas que poderiam ser utilizados para pesquisas, escolas, bibliotecas e hospitais?

Apenas a igreja católica tem mais valores em imóveis que o PIB do Brasil e Rússia juntos![08]  Além de ter muitos bilhões em seu próprio banco [09].

Se estes ( e outros) recursos fossem utilizados na produção de alimentos, em investimentos em educação e saúde, ao invés de serem utilizado para se cultuar o inexistente, com certeza o mundo estaria bem melhor hoje.

Além disso, sabemos que muitas igrejas pedem recursos (dízimos) de pessoas pobres que precisam desses recursos para sustentar sua família e poderiam ser gastos com alimentação ou saúde e educação de seus filhos, e são transferidos para igrejas ou pastores nem sempre bem intencionados.

Muitas dessas pessoas humildes ainda contribuem com 10% de seu salário às igrejas: 
Todos nós sabemos que “um décimo” é 10%. Portanto, sabemos que a quantia do dízimo deve ser 10% porque este é o significado da palavra."[10]

 

4-Desperdício de Tempo

Uma das práticas comuns de praticamente todas as religiões é a prática da reza ou oração.

Isso seria uma forma de pedir ou agradecer a Deus sobre alguma coisa que o crente quer ou precisa.

Mesmo que deus existisse essa prática já seria um desperdício de tempo, pois, sendo Deus Onisciente, ele já saberia o que o crente quer ou precisa e a reza seria, portanto, completamente desnecessária.

Além disso, a pessoa pode perder muito tempo de sua vida em tais orações, tempo esse que poderia ser utilizado em seu desenvolvimento pessoal como estudos, esportes, ginástica ou mesmo ajudando pessoas que precisam de seu conhecimento, ou então ficando com sua própria família ao invés de perder tempo indo até uma igreja.


5-Alienação e Passividade

Acredito que um dos piores efeitos da crença em deus são a alienação e passividade decorrente dessa crença.

Como a pessoa acredita que existe um deus bom e todo poderoso ela acha que rezando ou orando e mostrando pra deus que a justiça precisa ser feita então deus irá ajudar ela a fazer esta justiça e que a intervenção da pessoa não será de fato necessária (“deus está no comando” pensa ela).

Dessa forma, ela fica alienada e passiva, pois acredita que não precisa agir, pois “se deus não quer não vai acontecer” pensa ela, e como “confia no Senhor” torna-se ainda mais passiva diante das injustiças que ela própria passa ou vê pessoas passando.

Acredito que esta passividade seja ótima para as tiranias, para os governos déspotas e para a elite dominante que patrocina estes governos.

Não é atoa que os governos não cobram impostos de igrejas, mas cobram de instituições de ensino!

Uma nação que exige seus direitos, menos desigualdade e mais qualidade de vida é a fonte de medo de qualquer aproveitador público que explora seu povo.

É ótimo para uma ditadura, por exemplo, que as pessoas fiquem em casa rezando para as coisas melhorarem do que saiam as ruas em protesto por mudanças!

 

6-A Perigosa Sensação de Proteção

Uma das consequências da Fé é a sensação de que deus o observa e o guarda.

Isso provoca ao crente uma perigosa sensação de proteção, pois tendo seu deus bom ao seu lado, quem poderia fazer-lhe mal?

Isto faz o crente ‘baixar a guarda’ dos perigos da sua vida cotidiana, desde não colocar cinto de segurança até voltar tarde da igreja a pé a noite! (‘Confio em Deus! Ele me protegerá!’ pensa o crente). Mas como Deus não existe acabam sofrendo as consequências de sua crença:

“Sem cinto de segurança, sete pessoas da mesma família morrem em acidente... O Pastor evangélico e seus quatro filhos estavam no veículo.” [11].

“Família é assaltada quando voltava da igreja” [12]

 

7-O Perigo de acreditar 100% que a religião é real

Eu acredito que quase todo crente não tem certeza absoluta que sua crença é de fato real.

No mínimo, podem pensar que se tivessem nascido em outro país, por exemplo, na Arábia ou na Índia, sua religião poderia ser diferente como a muçulmana ou hindu e, dessa forma, acreditariam em outros deuses, outros valores religiosos que não os seus.

Entretanto, algumas pessoas de fato acreditam 100%. E.... É aí que mora o perigo!

No texto que escrevi “O Mártir Cristão Jocaxiano” [13] mostra a história fictícia de um homem que realmente acreditava em sua religião e as consequências terríveis que isso levou.

Deixe-me resumir para você entender:

Suponha que você tenha certeza que existe um CÉU (onde é infinitamente melhor de ficar do que aqui na Terra) para onde as pessoas boas e inocentes vão após a morte. E que exista também um risco de que quando seus filhos crescerem eles poderão se tornar pecadores e não ganhar esse paraíso. Ok?

Eu te pergunto: Não seria melhor seus filhos irem para o Céu do que arriscar a se tornarem pecadores aqui na Terra?

Pensa bem: Se no Céu a ‘vida’ é muitíssimo melhor do que aqui, seus filhos não estariam melhor lá?

Pois é, se você realmente acredita a sua resposta deveria ser “SIM”!

Aí surge outra pergunta: Então porque não manda-los logo ao paraíso?

E se você for um crente legítimo deveria responder: “Boa ideia!”.

E como fazer isso? R: Matando-os!

Pois é!  Está vendo como uma crença na religião é perigosa?  

E por que então as pessoas não enviam seus filhos pequenos para o paraíso?

Uma frase minha resume a razão:

Deus é a maior hipocrisia coletiva que existe na humanidade

Entretanto, de fato existem pessoas que fizeram isso como o “Atirador da escola” [14] que invadiu uma escola 
e, antes de atirar para matar as meninas, perguntava:


“-Você é virgem?”

Se a resposta fosse “SIM” ele as mandava ao paraíso com um tiro na cabeça!
Se fosse “Não” deixava-as viver.

Trecho da Reportagem:
" ... Ele pode ter escolhido crianças em uma tentativa de salvá-las dessa sujeira. Ele não estava matando, mas as salvando. É uma visão muito presente em discursos de assassinos desse tipo”, reflete o estudioso, falando ainda no campo das hipóteses.... "

E o que as pessoas achavam desse -religiosamente falando- “bom trabalho” do rapaz? 
Achavam loucura, pois no fundo eram hipócritas, pois o rapaz do ponto de vista religioso estava mandando almas puras ao paraíso, para mais perto de Jesus!

Os “Homens Bomba” também devem acreditar piamente que se explodindo para ajudar sua religião, irão ganhar, como mártires,  72 virgens no paraíso [15] e, por esta razão, matam muitos e também se matam!

Pela mesma razão o guarda em Minas Gerais pode ter matado tantas crianças na escola [16]: “A investigação também aponta que Santos seria obcecado por crianças.”.

Nota da polícia Civil chegou a falar que ele era obcecado por crianças: "Ele gostava muito de crianças. Fabricava Picolé e vendia e às vezes até dava de graça para as crianças na rua” [17].

 

 

Referências

[01]Lista de divindades
https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_divindades

[02]Deus do Cristianismo
https://pt.wikipedia.org/wiki/Deus_no_Cristianismo

[03]O Diabinho Azul Jocaxiano
http://www.genismo.com/religiaotexto32.htm

[04]Contradições da Bíblia
http://www.bibliadocetico.net/contradicoes.html

[05]Ateus são mais inteligentes do que religiosos: estudo
https://hypescience.com/ateus-sao-mais-inteligentes-do-que-religiosos-estudo/

[06] Ateus são mais inteligentes do que religiosos?
http://www.diariodocentrodomundo.com.br/ateus-sao-mais-inteligentes-do-que-religiosos/

[07] Os Ateus são mais inteligentes?
http://revistagalileu.globo.com/Revista/Galileu/0,,EDG84269-7946-206,00-OS+ATEUS+SAO+MAIS+INTELIGENTES.html

[08] Valor de imóveis da Igreja Católica equivale ao PIB do Brasil e da Rússia
https://www.jornalopcao.com.br/colunas-e-blogs/imprensa/valor-de-imoveis-da-igreja-catolica-equivale-ao-pib-do-brasil-e-da-russia-56534/

[09] Banco do Vaticano, o banco de 6 bilhões de euros do Papa
https://exame.abril.com.br/negocios/banco-do-vaticano-o-banco-de-6-bilhoes-de-euros-do-papa/

[10] Onde está escrito na Biblia que o dízimo tem que ser de 10% de tudo o que recebemos?
http://biblia.com.br/perguntas-biblicas/dizimos/onde-esta-escrito-na-biblia-que-o-dizimo-tem-que-ser-de-10-de-tudo-o-que-recebemos/

[11] Sem cinto de segurança, sete pessoas da mesma família morrem em acidente 
https://www.opopular.com.br/editorias/cidade/sem-cinto-de-seguran%C3%A7a-sete-pessoas-da-mesma-fam%C3%ADlia-morrem-em-acidente-1.1094861

[12] Família é assaltada quando voltava da igreja em bairro de Lucas do Rio Verde
http://www.folhamt.com.br/artigo/105845/Familia-e-assaltada-quando-voltava-da-igreja-em-bairro-de-Lucas-do-Rio-Verde

[13]O Martir Cristao e o Estuprador Espirita
http://www.recantodasletras.com.br/contosdeterror/2278512

[14] O atirador da escola e o "martir cristao jocaxiano"
http://stoa.usp.br/ateismo/weblog/90924.html

[15]Se o paraíso islâmico tem 72 virgens, que interesse despertaria em uma mulher-bomba?
http://veja.abril.com.br/blog/duvidas-universais/se-o-paraiso-islamico-tem-72-virgens-que-interesse-despertaria-em-uma-mulher-bomba/

[16] Suspeito de ataque em creche 'era obcecado por crianças', de acordo com polícia
http://novo.folhavitoria.com.br/policia/noticia/2017/10/suspeito-de-ataque-em-creche-era-obcecado-por-criancas--de-acordo-com-policia.html

[17] Do isolamento à perversidade, os últimos dias do vigia que incendiou creche em MG
http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2017/10/1925242-do-isolamento-a-perversidade-os-ultimos-dias-do-vigia-que-incendiou-creche-em-mg.shtml