Pessoal,

A respeito desse grupo religioso evangélico que está atuando no grupo, eu gostaria de emitir a minha opinião e dar um conselho.

Primeiramente, acho que respeito é sempre a melhor estratégia para iniciar uma interação. Pelas reclamações, parece que eles estão “assediando” a galera. Se eles estão agindo dessa forma, eu acho que a AMORCRUSP poderia chamá-los para uma conversa.

Nessa conversa, eu acho que poderia ser dito o seguinte:

O crusp é um ambiente com pessoas de religiões de todos os tipos e nós, até onde eu saiba, nunca tivemos problemas como isso por aqui. Nunca. Estou no crusp desde 2013. Vejo praticantes de religiões afro, os cristãos, etc, todos morando aqui. Porém, cada um sempre manteve-se na sua e nós nunca tivemos conflitos. Se eles são assediadores e querem enfiar goela abaixo da galera a cosmovisão deles, eles devem parar com isso. Porque, não por mim, mas porque já há pessoas aqui demonstrando publicamente a sua insatisfação com esse grupo, eles devem se resposicionar e mudar a estratégia de divulgação do discurso deles. Censurá-los não. Mas dá limites para que eles não sejam considerados assediadores.

A religião é uma coisa que existe em todas as culturas e sociedades. Não acho legal que nós aqui no crusp sejamos intolerantes com a religião um dos outros. Mas, toda coisa tem limite, e se esses caras estão exagerando, que o recado seja dado.

Respeito é a melhor solução!

‎Breno Wilson‎ para CRUSP – Conjunto Residencial da USP