http://feedproxy.google.com/~r/vnen/~3/Q3pIM1cZZWc/mais-uma-compra-de-natal.html

Meu DVD player está pifando então decidi (leia-se: minha mãe me pediu (leia-se: obrigou)) comprar um novo. Antes que minha mãe me esfolasse vivo perdesse a vontade, já fui na loja assim que saí do trabalho.

Tenho a vantagem de sair cedo do trabalho, assim cheguei no shopping para olhar o melhor/mais barato, antes que os compradores efusivos tomassem conta do lugar. Só pra constar, eu não sou um comprador efusivo.

Olhando rápido antes que algum vendedor me distraísse com ofertas e promoções, achei o que estava procurando: um DVD player. Simples, não um home theater, nem karaokê. Algo em que eu ponha um filme em DVD e ele reproduza na TV. E só. De uma marca boa e com preço acessível.

Agora não tinha jeito, somente um olhar para o lado foi suficiente para atrair um vendedor.

- Em que posso ajudá-lo? - essa pegunta capciosa faz com que ele possa iniciar o ataque de forma sutil.

- Sim, eu quero comprar esse DVD. - percebam que nesse momento eu aponto para o aparelho em questão.

- Nós temos modelos com karaokê. Com microfone incluso. Venha dar uma olhada...

- Não, o senhor não entendeu, eu disse que quero esse aqui, sem karaokê mesmo.

- Claro. O senhor já viu os home theaters? Os preços estão acessíveis e...

- Não, eu não vi os home theaters porque eu não quero um home theater, só um aparelho de DVD, nada mais.

- Que tal esse daqui? Está mais barato. Tem karaokê, já vem com os microfones e ainda com essa caixa de som, caso não queira ouvir pela TV...

- Hmm... - fingi que estava analisando a proposta - Não. Eu quero aquele lá mesmo. Não me importo de ouvir pela TV. E sei que é de uma marca confiável.

- Mas esse está mais barato. Fechamos um acordo com o fabricante e adquirimos em grande quantidade...

- Não importa. Só quero uma unidade. E daquela marca e modelo.

- Que tal esse...

- Não.

- Ou...

- Não - dar tempo para ele falar, nesse momento, é arriscado.

- Ok. Então você quer esse aqui?

- Sim. É isso que venho tentando lhe dizer desde o começo.

- Certo. Nós fazemos em até 12 vezes...

- Vou pagar à vista.

- Mas nossas condições de pagamento..

- Disse que vou pagar à vista.

- Se o senhor fizer o cartão da loja, podemos...

- Não, eu já tenho cartão, não preciso de outro.

- Tudo bem, no cartão de crédito parcelamos sem juros em até....

- Não importa, porque vou pagar à vista.

- Ok. - daí ele digita qualquer coisa naquele sistema maluco comum em lojas. - O caixa é ali. É só retirar no guichê pacote, ao lado.

Finalmente livre do vendedor, paguei, peguei e fui. E espero não ter que comprar tão cedo (na próxima compro pela internet).