Como vítima de plágio que já fui, sei o quão revoltante é ver o resultado de seu trabalho ser apropriado indevidamente por alguém. No meu caso o grupo plagiador era da China e só o que pude fazer até o momento foi denunciá-los ao editor da revista de publicou o plágio e o que ele fez foi dar um "pito" nos plagiadores e só. Espero que apurem o plágio referido abaixo e não abafem o caso novamente como fizeram no caso dos professores do IFUSP.

Esta é a notícia que saiu na Folha hoje:

Reitora da USP é acusada de plágio em estudo sobre vírus

04/11/2009
A USP abriu uma sindicância interna para apurar uma acusação de plágio contra a reitora Suely Vilela e mais dez pessoas. Na prática, a universidade vai investigar sua própria reitora.

http://www.puccamp.br/servicos/detalhe.asp?id=48764